Skip to content

Visagismo aplicado a maquiagem: Por que é tão importante?

Visagismo! Sim, visagismo. Eu fico muito impressionada com a quantidade de profissionais das áreas de beleza e estilo que nunca ouviram falar no termo ‘visagismo’ e na sua aplicabilidade.

Vamos pelo começo. Visagismo é uma palavra que deriva do francês ‘visage’, que significa “rosto”. Este termo foi criado na década de 1930, pelo maquiador francês,  Fernand Aubry.  O Visagismo engloba um conjunto de técnicas conceituais, desenvolvidas através do estudo dos traços da face, características físicas e psicológicas, únicas de cada indivíduo. Ele aponta o rosto como reflexo da identidade de cada um.

            Ok, Silvana. Mas qual a relação disso tudo com o meu trabalho de maquiador? Com a maquiagem que faço?

 Nós, maquiadores trabalhamos com imagem, que diferente da identidade, está relacionada a percepção externa, ao olhar do outro. Todos os atributos que oferecemos (maquiagem, cabelo, roupas que usamos…) são elementos que colaboram na formação da nossa imagem; funcionam como uma espécie de linguagem, sem o uso de palavras.

            Então, como aplicar o visagismo a maquiagem? E por que isso é tão importante?

Para começar, entender as técnicas de visagismo é fazer uma leitura da identidade, aquilo que torna a pessoa única e, por consequência, revela particularidades do estilo dela. Isso ajuda na construção de um referencial de beleza que vai ser harmônico, equilibrando traços e fortalecendo a personalidade e identidade. Significa criar um estilo que a pessoa sustente, que ela seja reconhecida por uma beleza que é dela, sem força, sem parecer outra identidade ou um personagem criado para encenar uma situação.

Vamos pensar na prática agora, gosto mais assim. Uma jovem vem até você para fazer uma maquiagem social para uma ocasião muito especial. Ela tem uma temperamento tímido e sensível ( você não a conhece intimamente, mas conseguiu fazer esta leitura através das técnicas de visagismo). Você vai propor um batom escuro? Um olho marcado? Cílios? ( Por mais que seja adequada a ocasião, uma maquiagem exagerada pode não ser adequada…. E adivinha?! A jovem não sabe disso, ela vai sentir-se bem com uma maquiagem sofisticada!). Falamos somente de temperamento, o visagismo aqui seria chave para estudarmos as formas do rosto e proporções também.

Exemplo dois. Você vai maquiar uma noiva. Aplicando a consultoria visagista você consegue descobrir que ela tem uma personalidade muito forte, é uma pessoa decidida, que já sabe o que deseja. Parece familiar?

Este estudo vai te ajudar a criar o estilo da noiva, respeitando a identidade. Propor uma paleta roxa/lilás não vai trazer a tona toda beleza, toda particularidade dela. E isso vai muito além…

Um maquiador visagista pode atuar de diversas formas. Da mesma forma que revelar uma beleza natural é papel da maquiagem em situações sociais, casamentos, formaturas… Construir um personagem é outro trabalho. Este é realizado no cinema, teatro,

O entendimento das técnicas de visagismo agrega valor ao trabalho, ao resultado final de maquiagem. Ele traz para o Maquiador técnicas conceituais que vão diversificar o seu trabalho, melhorar o resultado e, acima de tudo, a satisfação de seus clientes. Aprender a ouvir o cliente e ao mesmo tempo extrair informações sobre o seu temperamento e assim, criar um estilo que caia como uma luva para a pessoa é muito gratificante. No final da maquiagem é perceptível o  impacto na autoestima da cliente, na forma que ela enxerga ou enxergava a sua beleza pessoal. Isso significa: Missão Cumprida!

Não esqueçam de me seguir nas mídias sociais:

Facebook

Instagram

2 Comentários

  1. Ediméia Oliveira Ediméia Oliveira

    No caso de uma pessoa que nunca se maquiou, ela tem um temperamento sanguíneo como aplicar?

    • Ediméia ,nós temos os quatro temperamentos em proporções diferentes por isso somos únicos ,caso queira reforçar seu lado dinâmico/ Sanguíneo sem usar de maquiagem podemos fazer isso através de acessórios ,roupas ou cabelo.
      Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *